Vírus, eles estão no ar!


É fato. Os vírus estão “soltos”. O número de casos de Covid-19 está novamente crescendo, há surto de sarampo, os dias frios facilitam os episódios de gripes, resfriados e doenças respiratórias, e ainda, pra somar, a dengue e as recentes notícias sobre a varíola dos macacos chegando em algumas localidades do Brasil. Cuidados preventivos e vacinação em dia fazem a diferença quando o assunto é a preservação da saúde e do bem-estar. Atente para as os sintomas mais comuns dessas doenças e, na presença deles, procure atendimento médico o quanto antes.


COVID-19

Sintomas: dor de garganta (muitas vezes intensa), tosse, coriza, congestão nasal, febre, dores no corpo, dor de cabeça, fadiga, falta de ar, perda de paladar e olfato (agora menos comum).

Prevenção: As medidas protetivas continuam valendo. Use máscara em locais fechados e no transporte público; aplique álcool gel 70% nas mãos ao tocar em dinheiro e objetos; e evite aglomerações.

Vacinação:

- Crianças a partir de 5 anos devem ser vacinadas com a primeira e segunda doses, no intervalo de 4 semanas entre uma dose e outra. Ou com a dose única, se o imunizante for do fabricante Janssen.

- Adultos a partir de 18 anos devem tomar a 3ª dose (dose de reforço).

- 60 anos ou mais, recomenda-se a 4ª. dose (2ª. dose de reforço). A 4ª. dose será gradativamente aplicada em toda a população adulta, respeitando o período de 4 meses após a data da 3ªdose.


INFLUENZA

Sintomas: febre alta, dor de cabeça, dor muscular, falta de ar, espirros, fraqueza, náuseas e vômitos, coriza, diarreia.

Prevenção: lave sempre as mãos com água e sabão e evite tocá-las no rosto, principalmente na boca; esterilize as mãos com álcool gel frequentemente; não compartilhe utensílios de uso pessoal; use máscara ao contato com pessoas infectadas; evite locais fechados e aglomerações; adote hábitos saudáveis, alimentando-se de verduras e frutas; e beba muita água.

Vacinação: uma dose por ano, a partir dos 6 meses de idade.


SARAMPO

O sarampo tem um alto poder de contágio, espalhando-se muito rapidamente por meio de gotículas da fala, tosse, espirro e até pela respiração.

Sintomas: manchas avermelhadas no corpo, tosse, coriza, irritação nos olhos, febre, dor de garganta.

Prevenção: a doença é prevenida com a vacinação.

Vacinação: Tríplice Viral (sarampo, rubéola e caxumba). A primeira dose com 1 ano de idade; a segunda dose, entre 4 e 6 anos. Adolescentes adultos que não tomaram a vacina quando crianças, podem e devem ser imunizados também.


DENGUE

O mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, se prolifera em águas paradas. Os criadouros, em geral, se instalam nos telhados, calhas entupidas, piscina, garrafas, pneus, pratos de vasos de plantas e em qualquer recipiente que possa acumular água.

Sintomas: febre alta, erupções cutâneas, intensas dores musculares e nas articulações, dor atrás dos olhos, dor de cabeça, náusea, perda de apetite. A dengue é uma doença traiçoeira. Em casos mais graves, quando ocorre a hemorragia (dengue hemorrágica), ela pode se complicar e levar o paciente a óbito.

Prevenção: cobrir a caixa d’água; utilizar areia nos vasos de plantas; destinar o lixo e resíduos de forma correta; deixar as garrafas de cabeça para baixo para não acumular água; retirar a água dos pneus e guardá-los em locais protegidos de chuva.


VARÍOLA DOS MACACOS

Doença viral transmitida pelo contato com animais, humanos ou superfícies contaminadas por meio de secreções, sangue e fluídos.

Sintomas: dor de cabeça, dor nas costas e musculares, gânglios inchados, calafrios, febre, erupções cutâneas (manchas, lesões ou bolhas).

Prevenção: isolamento e distanciamento da pessoa infectada, uso de máscara e higienização das mãos com frequência.

Este vírus, na maioria dos casos restrito à África, registrou algumas suspeitas no Brasil, ainda não confirmadas (já existem casos confirmados em Portugal, Espanha, Reino Unido, EUA, Argentina). A orientação dos órgãos de saúde para as pessoas que viajaram no último mês à África e que apresentarem os sintomas, procurem imediatamente atendimento médico.


Precisando de atendimento atendemos presencialmente e a distância

👉 agende uma consulta clicando no link: http://bit.ly/2J3addm


Clínica L'Organi

📍Rua Antonio de Macedo Soares, 1760

Campo Belo – São Paulo

(11) 5533-5522

(11) 95043-5522

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo