Curta a primavera sem crises alérgicas


Seria muito bom se a primavera só nos presenteasse com a sua beleza, cores, flores e perfumes. Mas ela traz consigo também, alguns contratempos. Nessa época do ano, é comum para as pessoas propensas a alergias respiratórias, se queixarem de coriza, rinite, coceira no nariz e resfriado. Os sintomas são desencadeados principalmente por conta do pólen, aqueles minúsculos grãos que se desprendem das flores e se dispersam no ar. E somando-se à poluição e à baixa umidade do ar, o problema agrava-se ainda mais. Por isso, preste atenção nessas dicas e as coloque em prática, para viver a primavera sem crise.


- Lave as roupas e lençóis com sabão neutro. O perfume dos produtos de limpeza pode incomodar e piorar os episódios de alergia.


- Retire tapetes para não acumular pó e mantenha os ambientes arejados. Deixe o sol entrar, combatendo a umidade e eliminando ácaros.


. Evite varrer o chão com vassoura, para não levantar poeira. Prefira o aspirador de pó.

- Passe pano umedecido com água nos móveis e no chão da casa.


- Ceras e produtos químicos de limpeza devem ser evitados, porque possuem cheiro forte.

- As cortinas também acumulam poeira. Opte pelas persianas. Porém, se preferir os modelos de tecido, contrate uma empresa de impermeabilização para tratá-las.


- Durante a faxina doméstica ou do escritório, lembre-se de limpar também as plantas com folhagens, pois elas acumulam muito pó.


- Lave e seque ao sol as roupas que ficaram guardadas por muito tempo, a fim de eliminar aquele odor desagradável e a possível presença de ácaros.


- Mantenha as mãos sempre limpas, evitando o contato com os olhos para não causar conjuntivite. Use também óculos escuros para protegê-los.


- Beba muita água e aplique soro fisiológico nos olhos e narinas várias vezes ao dia, para higienizá-los.